Páginas

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Para você


Hoje é segunda!
Que maravilha! Ilimitadas oportunidades e opções lhe aguardam na próxima esquina.
Desejo-lhe, portanto, olhar desbravador, força e - quem sabe? - talvez, um pouco de leveza para elegantemente derrubar os muros, coragem para atravessar as pontes e bastante ousadia para inventar interessantes novidades no seu dia a dia!
E, no mais, seja feliz!
Beijo grande,
Anitha
BH, 27 de julho de 2015

segunda-feira, 20 de julho de 2015

O Lobo e o Anjo...

Como é sabido, todos nós carregamos dentro um anjo e um lobo.
Quando feridos, acuados, amedrontados e humilhados podemos - sim, qualquer um de nós, até mesmo a despeito do nosso conhecimento ou vontade - ver horrorizados o nosso irracional emergir e ele se tornar o protagonista da nossa história. E que estrago esse nosso lado animal pode fazer!
Sim! Assim como a fera ferida, ele tem patas, ao invés de dedos delicados. Uiva e não toca flauta. Nada diáfano, é pesado.
Não é encantador e muito menos acolhedor. Pior, é predador.
Na maioria das vezes, na ânsia de se defender ou de extirpar o que está lhe ferindo mortalmente, a título de defesa, ele pode morder e matar. Sua dor lhe deixa cego. Seu pedido de socorro pode ser uma arma!
Realmente, é uma pena! Todas as vezes que ocupa o palco, ele desarticula toda uma trama que deveria seguir seu curso natural, de maneira harmônica e bela!
Com os seus uivos raivosos assusta e põe a correr atores, plateia e todo o corpo técnico.
Talvez, a única solução para domá-lo seja olhar nos seus olhos e ternamente lhe mostrar que seu medo ou seu machucado serão aplacados e cuidados. Com zelo! Carinho e atenção!
Que o remédio está dentro dele, desde que deixe seu anjo vir à tona. Se der permissão, com  movimentos sensíveis  e leves, poderá aplacar qualquer desacordo e dor.
Há tempos, dizem que só o amor e o perdão curam!
Ah, quero crer que esses sábios de outrora estão certos!
Por experiência, constatei que antídotos mais poderosos e eficazes aos desencontros da vida que esses não há! 
Eles não têm contraindicação e nem efeitos colaterais.
Eles originam de onde não cabe ressentimentos e nem mágoas.
Seus poderes reparadores e curativos são potentes. Mágicos. Transformam causas perdidas em possibilidades de frutíferas mudanças. Abrem canais de comunicação. E com o diálogo prometem reparar machucados, purgar impurezas e toxicidades, aliviar dores alojadas, inclusive, na alma. Põem fim nos medos que congelam e destroem. Dão paz para os espíritos atormentados.
E, principalmente, sanam, refazem e reforçam os laços das relações doentes....
Já dizem há tempos....
Que assim seja hoje e sempre!
Escrito por Anitha em 20 de julho de 2015

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Ser ou Não Ser....


Há pessoas que dizem
Que a mistura do branco
Alvo da minha pele
Com o tom vermelho nos cabelos
Me caí como uma luva.
Outros me garantem
Que como ruiva
Torno-me mais poderosa.
E têm ainda aqueles
- os mais radicais!-
Que juram de pés juntos
Que nasci assim.
Alguns poucos, contudo,
Preferem  quando me veem loira.
No fundo, acho tudo muito interessante.
Pois, afinal, todos têm um pouco de razão.
Mudar de aparência é sempre muito bom.
E, mais que isso,
Valida o esforço que faço
Para me apresentar bem
Com as cores e os tons
Que no momento tenho....
Anitha em 12/6/2015