Páginas

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Olhar sábio




E agora?
Ah, neste instante o mais digno que temos a fazer é olhar para o passado com desprendimento, benevolência e gratidão.
Afinal, foi preciso descobrir atalhos e percorrer todo esse caminho para nos encontrarmos onde estamos hoje.
Além do que - o principal - somos obrigados a constatar que não temos o poder de mudar nem mesmo uma vírgula na nossa história já escrita.
Então, se assim é, adiante, avancemos com corações leves, olhares carinhosos...pra frente e pra trás!
Escrito por Anitha em 30.6.11

Luz e Brilho


E não é que - como tudo na vida - existe o lado bom, surpreendente e valoroso do baixo astral?
Sim, esse aspecto benéfico se revela quando com empenho se busca vencer as eventuais resistências que fazem da estagnação um ganho e, além, se esforça para desapegar da vitimização e das trevas; e, com confiança, vigor e coragem, se volta para dentro! E, lá, poder encontrar intactos, soberbos e ofuscantes, a luz e o brilho que estavam faltando no cotidiano!
Esse encontro de luz é a própria redenção, bem-aventurança e - claro - a ressurreição!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Simples assim....

De atitude e sentimental
Tenho nome das minhas avós
E apelido de uma só.
Orgulho-me da minha linhagem.
Mulher de palavra sou!

Não possuo qualidades superlativas
Nem defeitos terríveis.
Portanto, nem santa e nem vilã.
Não faço feio, dá para o gasto,
E me viro bem com o que tenho

Viciada em escrever
Tanto quanto em ler,
Amo as palavras, todas elas
E cada uma em particular
Pelo sentido ou sonoridade.

Aprecio as horas noturnas,
Filmes europeus, causos,
Céu estrelado, dançar,
As trocas, gargalhar,
Poesias de boa qualidade,
E a delícia de jogar conversa fora.

Acho o máximo e faço
Com intuição e conhecimento
Análises de mapas
Numerológicos e astrais.

Sugiro Florais
Decifro mãos e caminhos
Garimpo livros e peças de brechó
Amo descobrir afinidades,
Apreços e porquês.

Trago como fiéis companheiros
Desde a terna infância
O bom humor e a alegria.
E esses dois e o bom caráter
Faço questão de deixar de herança.

Oscilo entre oito e oitenta
Quero sempre e muito
Ou nem quero ver...
E quando quero
Não me faço de rogada
Amo de paixão,
Sem meios termos
Não imponho condição.

Cultivo umas certas manias
Falar fitando dentro dos olhos
Passar creme e perfume
Inclusive pra dormir.
Não sair sem brinco,
Blush e batom.
Fazer listas e mais listas.
Não descer nunca do salto
Inclusive, e sobretudo
Quando saio para balada.
Ser curiosa ao extremo.
E frases e pensamentos colecionar.

Não gosto de água gelada.
Pessoa maledicente, chata
Mal educada ou mal humorada.
Que é desleal, aproveitadora,
Nem daquela que desvia o olhar 
Mente sem ao menos ficar vermelha
E não cumpre o que promete.

Ah! Que delícia comida pelando.
Queijo de toda variedade.
Coração enternecido e quente.
Doce de leite com marolo da minha mãe.
Carícias, beijo molhado
Cafuné, sintonia e gente!
Sobretudo, e principalmente,
Se for leve,  boa, feliz
Do bem e inteligente!

Sensual...Feminina...
Intensa...Dona do meu nariz.
Sentidos plenos e atentos.
Arrisco e me jogo.
Me rendo, me entrego.

Às vezes, é óbvio,
Por pura precaução
Paro na esquina. Literalmente.
Faço isto, também, na vida.
Espero o sinal verde.

Acredito que há vida após a morte.
Que Deus é a força maior.
Creio na força do pensamento.
No amor como solução.
Nos ciclos e mudanças.
Nas escolhas e responsabilidade.

No efeito das consequências.
No valor e peso da consciência
E que o melhor ainda irá acontecer.

Quero muito
E mais ainda
Usufruir da liberdade 
De ser quem eu sou
De ir e vir, sentir
De expressar, calar,
Permanecer, mudar
Amar, fazer opções
Quando e conforme
Eu quiser e me convier.
Escrito por Anitha em 29.05.10

segunda-feira, 20 de junho de 2011

SER e ESTAR

Ser é raiz
Estar é voo

Ser é destino
Estar é opção

Ser é causa
Estar é conseqüência

Ser é sustentação
Estar é abertura

Ser é o ponto
Estar é a travessia

Ser é a margem
Estar é a ponte

Ser é desde sempre
Estar é daqui pra frente

Ser é forma
Estar é conquista

Ser é o que antecede
Estar é um vir a ser

O melhor é aliar
Ser e estar
Estrutura
e possibilidade...
Escrito por Anitha em 11.02.09

Um Plus...


Se a loucura, assim como a brandura,
não fizesse parte da nossa natureza,
certamente, perderíamos o imponderável
e o mágico de nossas vidas...
Escrito por Anitha em 24.11.10