Páginas

domingo, 12 de março de 2017

Várias, sou!

Assim como as bonecas matrioskas, várias, sou!
E me permito transitar entre os meus cômodos, sótãos e porões, sem hora marcada, sem me fixar e sem preferência de espaço. Afinal, o todo é um mistério a ser desvendado e por isso mesmo me seduz. A ele me entrego. Sem receios desnecessários; de peito aberto.
Aprecio descobrir mais e mais partes do meu ser. Ir atrás dos meus elos perdidos, das sombras e daquelas fadas que, graciosamente, há tempos habitam em mim!
Escrito por Anitha em 12 de março de 2017